Da minha série de aventuras: Rapel

Oi gente! Que saudade eu estava de escrever aqui para vocês, leitores! Mas olhem, o meu sumiço é justificável. Todos os dias eu arrumo mil coisas para fazer ainda mais em férias sem falar que foi o aniversário de 15 anos da minha irmã esses dias, por isso meu tempo por aqui diminuiu! 😕
Mas vamos lá que o assunto de hoje é eletrizante hahaha, vou relatar minha experiência com o rapel e explicar umas curiosidades sobre essa atividade, ok?!

image

O rapel é uma atividade radical que é praticada verticalmente em descidas de paredões, cachoeiras, edifícios e outros. Nele, usa-se como instrumento básico a corda. O acompanhamento de um especialista na fase inicial é obrigatório, quem pretende iniciar na prática desta atividade deverá realizar cursos especializados ou procurar pessoas com experiência necessária para acompanhamento e monitoramento das atividades. No meu caso, tive um treinamento antes de descer a cachoeira e o pessoal da Trakka (empresa responsável pelo rapel em Iporá) esteve de olho em todos meus passos! Ainda bem né? Kkkk

image

image

O que eu mais gostei no cachoerismo (rapel em cachoeiras) é o controle do medo que devemos exercer para descer os obstáculos, porque medo dá meeesmo! Além disso, a emoção é muito grande. A água fazendo força contrária, a sensação gelada dela e ainda ter que “dar corda” para descer é show! Sabe aquele friozinho na barriga? Pois é, sou viciada nele!
Eu recomendo super a atividade para quem tiver a oportunidade e quem não tiver, procure em cidades próximas! Vale a pena. Aqui na minha cidade a empresa que devem procurar chama Trakka Ecoturismo e Aventura.
Antes da atividade radical, foi hora de caminhar na natureza e tirar algumas fotos pra poder curtir o local e agradecer um poquinho também! 🙏

ROUPAS: Roupas leves e de banho, existe o contato com água e por isso é necessário também levar roupas secas para troca, blusas

CALÇADO: Tênis ou sapatos que não soltem do pé. A preferência é por botinhas que tenham boa aderência no solo e sejam impermeáveis.

image

Saindo de Iporá, a cachoeira fica a 10km na Fazenda Furado Bonito, seguindo a estrada para Diorama.

image

Durante o percurso também temos obstáculos como colchetes! 😂😂

image

A companheira mais perdida que existe nesse mundo kkk, mas a melhor que tá tendo por aí!

image

image

image

Vista de cima da cachoeira.

image

image

Flagra da fotografa!! 😂😂

image

Não sei nem descreverpara vocês o quanto eu amei essa água maravilhosa, gelada no meu corpo reestabelecendo minhas energias! Com certeza é uma das coisas que eu mais gosto no mundo. Juntando com o cachoeirismo ficou PERFEITO! ❤

image

image

Por hoje é só, galera!! Mas já estou de olho na próxima aventura dessas férias haha e claaaro que vou colocar tudo aqui!! 😉
Até a próxima e um super beijo no coração! 💋💋

11 comentários em “Da minha série de aventuras: Rapel

  1. Foi ótimo, e não me chame de perdida fui uma ótima guia turística! Hahaha ainda temos muitas aventuras nessas férias. Ficou excelente o post 😘

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Ellen!! Nossa, esse lugar me trouxe uma paz tão grande… Sempre tenho essa sensação quando vou em cachoeiras. Procura fazer, o rapel na cachoeira é melhor ainda! Mais adrenalina e bonito de se ver! 🙂
      Um beijão, linda!!

      Curtir

Oi, deixe seu comentário aqui! ;*

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s